Gestão

Saiba tudo sobre inventário de estoque

Escrito por Leonel Monteiro

Para que uma empresa cresça de forma sustentável, é fundamental manter uma gestão e controle eficiente da entrada e saída de suas mercadorias e, assim, evitar prejuízos que podem impactar as finanças de maneira considerável. Isso pode ser feito por meio do inventário de estoque, que permite a identificação, classificação e contabilização dos produtos armazenados.

Sem esse acompanhamento, lidar com problemas que geram a perda, compra exagerada e extravios de estoque se torna um grande desafio e, por isso, é tão necessário aplicar essa estratégia ao negócio.

Pensando nisso, elaboramos este post para explicar os principais pontos sobre o inventário de estoque. Confira!

O que é e para que serve o inventário de estoque?

O inventário de estoque se trata da listagem que contém toda a mercadoria armazenada no estoque de uma companhia. Por meio dele, é possível identificar, classificar e estabelecer o valor de cada item. Sua finalidade é averiguar se o controle do estoque está adequado e se a empresa realmente tem os produtos que acredita possuir.

Qual é a sua importância?

O inventário de estoque gera várias vantagens para empresa, tais como:

  • maior organização do estoque;
  • aprimoramento no gerenciamento de estoque;
  • redução das perdas;
  • ajuda para atender requisitos da lei;
  • maior qualidade no atendimento ao cliente;
  • minimização dos desperdícios;
  • diminuição dos custos;
  • redução de atrasos e problemas com o estoque;
  • auxílio na entrega de informações fiscais para o governo.

Quais são os tipos de inventários existentes?

Existem dois tipos de inventário de estoque:

  1. rotativo: solicita a contagem de acordo com uma frequência pré-definida, que pode ser diária, semanal, mensal etc. O objetivo é obter dados precisos em um período intermitente com o fito de que a empresa consiga atender suas necessidades;
  2. periódico: é realizado no final de um período determinado. A finalidade desse recurso é atualizar os dados, resolver os problemas existentes e elaborar demonstrativos financeiros.

Independentemente do tipo escolhido, o importante é que o inventário seja bem minucioso, já que ajuda na identificação de falhas e na elaboração de ações para resolver problemas que o estoque possa apontar.

Como realizar um inventário de estoque eficiente?

Realizar um inventário de estoque não é uma tarefa tão simples, principalmente se a empresa possui um estoque muito grande. Para ajudar nesse processo, separamos algumas dicas. Veja!

Escolha o momento adequado

Defina um momento específico para começar a contagem, como fins de semana, feriados ou datas em que a companhia esteja fechada e não exista movimentação no estoque. Assim, fica mais fácil fazer a relação dos produtos.

Separe e organize as mercadorias

Estruturar os produtos em níveis diversos contribui para a eficiência da tarefa. Isso diminui o desperdício de tempo na contagem dos itens. Separe os produtos por modelo, já que isso poderá melhorar o trabalho diário, e indique ao setor de comprar as mercadorias que não precisam mais ser compradas.

Classifique cada produto em detalhes

Forneça uma categoria para cada tipo de item, tais como material de papelaria, limpeza, entre outros. Depois isso, tente estipular cada produto de forma detalhada, incluindo medida, peso, cor, entre outros. No final, aponte quais são os valores de compra e venda.

Atualize o inventário com frequência

O ideal é que o inventário de estoque seja realizado em períodos curtos. Quanto menor é esse tempo, maior a agilidade na identificação dos problemas, o que torna suas resoluções mais eficazes. Atualize as informações de acordo com os levantamentos que foram realizados. Isso faz com que os dados para o setor de vendas e equipe de separação e expedição sejam mais precisos.

Conte com um sistema de gestão

Pelo fato do gerenciamento de estoque influenciar muito nos resultados do negócio, o ideal é otimizar os processos por meio de um software de gestão que atualize as informações sempre que um pedido de entrega for realizado.

Agora que você já sabe a importância de um inventário de estoque, não espere mais para implementá-lo na empresa por meio das dicas apresentadas e, assim, administrar melhor os recursos, reduzir os custos e contribuir para o progresso do negócio.

Este conteúdo foi útil para você? Então, aproveite para compartilhar em suas redes sociais e levar esse entendimento para mais pessoas!

Sobre o autor

Leonel Monteiro

Sócio Fundador e CEO da é-Simples Auditoria Eletrônica, Contador, Consultor Tributário, Empreendedor, trabalhando na área fiscal desde 2007 e agora programando sistema para promover benefícios fiscais a seus clientes.

Deixar comentário.